A Geometria Sagrada Aplicada ao Círculo das Quintas e Quartas

Inspirado numa publicação do saxofonista e pesquisador Marcelo Coelho​ e em concepções teóricas evidenciadas em artigos do músico e pesquisador Turi Collura​, resolvi compartilhar aqui no blog algumas imagens que refletem muitas informações e que contèm a chave para muitos "segredos" (ou mistérios) e possibilidades geométricas com relação ao temperamento musical baseado no ciclo das quintas ascendentes (ou quartas descendentes). 
Todas as linhas contidas no gráfico geométrico da imagem ao lado (clique nela para ampliar) possibilitam a formação do que a maior parte dos livros de teoria musical chamam de escalas e arpejos, que, consequentemente, geram acordes (ou vice versa). No entanto, a abordagem gráfica dentro da ilustração desperta um senso crítico mais amplo aos que estão habituados a contemplar o circulo das quintas e quartas dentro da perspectiva mais comum: quando a escala cromática é distribuída dentro do circulo a partir de quintas justas no sentido horário ou quartas justas no sentido anti-horário. A partir do momento em que se observa esse circulo sendo dividido ou subdividido através de várias linhas em fragmentos geométricos equivalentes ou não, o ideal é que, através de ampla analise, pesquisa complementar e aplicação prática dessas informações, passemos a explorar conscientemente uma enorme gama de possibilidades que a Geometria Sagrada aplicada ao ciclo das quintas nos oferece, enquanto teóricos da música ou instrumentistas.

Lembro que desde as primeiras aulas de musicalização que tive fui instruído por meus professores a raciocinar logicamente pautado ao menos em meus conhecimentos matemáticos mais básicos. Pronto, assim fiz e procurei levar a sério essa questão e logo encontrei um universo teórico chamado "Coltrane Changes" (Coltrane Matrix), do magnífico John Coltrane.
Em suma, deixo abaixo uma última imagem que explica muito mais do que eu queira dizer até o momento:
Fontes das imagens:

Tópico: A Geometria Sagrada Aplicada ao Circulo das Quintas e Quartas

sucesso!

Parabens, já pensei em coisas assim nesse circulo!
Traz altas ideias legais sempre!
Existe um livro americano que tambem mostra algo semelhante na relação de notas, intervalos.
Sucesso!

horizontes mais amplos na percepção musical; muito bom !!!

Mais detalhes, pratica, etc...

Re:horizontes mais amplos na percepção musical; muito bom !!!

Olá Jair, muito obrigado por seu comentário!
Realmente, esse tipo de raciocínio abre muitos leques de possibilidade e amplia a percepção musical dos que estudam a fundo esse tipo de conteúdo.

Novo comentário

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!